Nos últimos anos, as apostas online têm ganhado cada vez mais popularidade, especialmente entre os jovens. Infelizmente, como qualquer forma de jogo, as apostas online envolvem riscos que podem ter consequências negativas para os jogadores e para a sociedade em geral. Além disso, o recente crash decorrente da pandemia de COVID-19 trouxe à tona preocupações sobre a sustentabilidade e regulação deste mercado crescente.

De acordo com a Direção-Geral de Regulação de Jogos (DGRJ) em Portugal, o mercado de jogos online cresceu 55% em 2020 em comparação com o ano anterior. Apesar dos jogos de azar serem legais em Portugal desde 2015, a regulação precisa ser atualizada constantemente para garantir que os jogos online sejam seguros e justos. A crise econômica causada pelo COVID-19 expôs ainda mais essas lacunas na regulamentação.

O crash que ocorreu durante a pandemia levou muitos jogadores a enfrentar perdas financeiras significativas, e muitos operadores de jogos online perderam suas licenças devido a violações das regras e regulamentações existentes. Isso gerou preocupações sobre a sustentabilidade das apostas online e sobre o papel dos reguladores na proteção dos jogadores.

Para garantir um mercado seguro e saudável, é necessário que a regulação esteja em constante evolução para acompanhar as mudanças no mercado e garantir que os jogadores estejam protegidos. Os reguladores precisam trabalhar em conjunto com operadores de jogos online para implementar medidas que previnem o jogo excessivo e a lavagem de dinheiro.

Algumas soluções que podem ser implementadas incluem a atualização das políticas de verificação de identidade dos jogadores, o controle das transações financeiras e a implementação de limites de tempo e de gastos. Além disso, é necessário que sejam tomadas medidas para prevenir a publicidade excessiva e a promoção agressiva das apostas online para jovens.

Os operadores de jogos online também têm um papel importante na garantia de um mercado seguro e sustentável. Eles devem trabalhar em conjunto com os reguladores para estabelecer práticas comerciais éticas e transparentes e oferecer suporte aos jogadores que estão enfrentando dificuldades.

Em conclusão, a ascensão e queda das apostas online no mercado de jogos de azar trouxe importantes lições para garantir uma indústria sustentável e regulada. É necessário que os reguladores e operadores trabalhem juntos para implementar políticas eficazes que garantam a proteção dos jogadores e a sustentabilidade do mercado.